Pilates: o que é?

O método de pilates baseia-se no controlo consciente de todos os movimentos musculares do corpo, tendo os seus exercícios sofrido influências do Yoga, artes marciais e meditação.

Com efeito, pilates consiste na correta utilização e aplicação dos mais importantes princípios das forças que atuam em cada um dos ossos do esqueleto e no total entendimento do equilíbrio e gravidade aplicados a cada movimento, no estado ativo, em repouso ou durante o sono.

Concentração, centralização, controlo, respiração, precisão e fluidez, constituem os seis princípios do Pilates.

Neste método, a maioria dos exercícios é executado na posição deitada, no sentido de diminuir o impacto nas articulações do corpo, particularmente, nas da coluna vertebral.

Deste modo, o pilates permite a recuperação muscular, articular e dos ligamentos, especialmente na região sacrolombar.

Benefícios:

  •  Exercita o corpo como um todo, promovendo um ganho de força e desenvolvimento muscular equilibrado.
  • Fortalece os músculos essenciais para o apoio do corpo, nomeadamente os músculos lombares, abdominais e pélvicos, de modo a que pescoço e ombros relaxem e os restantes músculos e articulações funcionem da forma mais correta.
  • O corpo expressa-se com força e harmonia, algo que é visível na postura daqueles que praticam esta modalidade.
  • Com a prática regular, vai perder peso, fortalecer a massa muscular e adquirir uma postura mais correta.Os exercícios são seguros e de baixo impacto para as articulações.
  • Aumenta a flexibilidade muscular, a mobilidade das articulações e fortalece os ossos, diminuindo, assim, a probabilidade de lesões.
  • Melhora a respiração e a circulação sanguínea, contribuindo para uma maior vitalidade e boa disposição de quem o pratica.
  • Desenvolve a concentração, permitindo extrair maior benefícios dos exercícios.
X